Garanta já o seu ingresso

Notícias

Sapucaí

De volta, ensaios técnicos brindam o público na Sapucaí

É mais do que oportuno comemorarmos a volta dos ensaios técnicos, na Sapucaí. Meio a crise caracterizada pela falta de apoio do poder público e após enorme impasse, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) conseguiu captar recursos, via Leis de Incentivo, e recebeu apoio financeiro do governo estadual e de empresas privadas, o que permitiu o retorno dos treinos na passarela do samba, cancelados no último Carnaval, neste domingo (10).


Sob uma lua iluminada, cravejando o céu do palco que recebe o maior espetáculo da Terra, a noite começou com a própria organizadora dos desfiles do Grupo Especial, prestando homenagem aos 10 atletas de categorias de base mortos em um incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, na Zona Oeste do Rio, na última sexta-feira. O carro de som passou pala avenida com bandeiras de torcidas organizadas ao som do hino do Clube.


Como nos anos anteriores, os ensaios técnicos brindam o público: sambistas, pessoas que gostam de carnaval, turistas que, nesses meses do ano, criam grande expectativa em torno dos treinos e dos desfiles das escolas de samba.

“É uma satisfação muito grande ver as agremiações retornando à Sapucaí, para realizar seus treinamentos. É fundamental para o reconhecimento do trabalho das escolas, que os ensaios permaneçam no calendário do pré-carnaval do Rio, nesse sentido, agradecemos o apoio dos nossos patrocinadores”, completa o presidente da Liesa, Jorge Castanheiras.

No primeiro ensaio técnico do Sambódromo desde 2017, os sambistas apaixonados pelas suas agremiações lotaram as arquibancadas e frisas, para acompanhar de perto os treinos das escolas.

Comandada pelo intérprete Tinga e bateria de Macaco Branco, a Vila Isabel foi a primeira agremiação pisar na avenida, para defender o samba de enredo “Em nome do Pai, do Filho e dos Santos, a Vila canta a cidade de Pedro”.

Depois, foi a vez da Mocidade Independente de Padre Miguel, com a bateria “Não Existe Mais Quente” do mestre Dudu e o timbre forte do  intérprete Wander Pires, a treinar para o seu desfile oficial, com o samba de enredo“Eu sou o tempo. Tempo é vida”.

Quem fechou a primeira noite de ensaios na Sapucaí foi a Unidos da Tijuca. Ao falar do pão no samba de enredo “Cada macaco no seu galho. Ó, meu pai, me dê o pão que eu não morro de fome”, fez sua passagem comandada pelo intérprete Wantuir e com o ritmo da bateria “Pura Cadência” do mestre Casagrande.

Os próximos ensaios técnicos acontecem nos dias 16 e 17 de fevereiro, a partir das 20h, com seis escolas do Grupo Especial treinando na Sapucaí.


Notícias Relacionadas

Primeira torcida organizada de uma escola de samba, Guerreiros da Águia completa 15 anos
Portela

Primeira torcida organizada de uma escola de samba, Guerreiros da Águia completa 15 anos

O dia 25 de outubro foi de festa para os torcedores portelenses. Mais antiga torcida organizada da agremiação e pioneira do Carnaval carioca no ramo, a Guerreiros da Águia completa 15 anos. A comemoração, no entanto, será apenas em novembro, no dia 17.

Leia mais
Portela fecha parceria com Jean Paul Gaultier para o Carnaval 2019
Portela

Portela fecha parceria com Jean Paul Gaultier para o Carnaval 2019

Conhecido por suas criações que desafiam tabus no mundo da moda, o estilista Jean Paul Gaultier fará sua estreia no carnaval carioca. Em 2019, Gaultier assinará as fantasias de uma das alas da Portela.

Leia mais